Notícias

Plano de Ação para municípios que aderiram ao Criança Feliz iniciará nesta segunda-feira, 5

02/02/2018 - Cláudio Duarte/Governo do Tocantins; Fotos: Carlessandro Souza

A Secretaria do Trabalho e Assistência Social (Setas), em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), iniciará nesta segunda-feira, 5, a Oficina para Desenvolvimento do Plano de Ação do Programa Criança Feliz. A capacitação será destinada aos coordenadores e supervisores do Criança feliz e terá como orientadora a consultora do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) para o Estado do Tocantins, Roberta Sousa, juntamente com a equipe de multiplicadores do Programa.

A capacitação será dividida em duas turmas, sendo que a primeira participará da oficina nos dias 5 e 6 de fevereiro e a outra, nos dias 7 e 8.

Nos quatro dias de encontro, os municípios porão em prática seus planos de ação, observados e orientados pela assessoria dos multiplicadores da Setas. A Secretaria prospecta que ao fim da capacitação os participantes estarão aptos a trabalharem com os gestores locais.

A primeira turma:

Alvorada, Augustinópolis, Buriti do Tocantins, Caseara, Colméia, Conceição do Tocantins, Couto Magalhães, Dueré, Figueirópolis, Goianorte, Monte do Carmo, Palmeiras do Tocantins, Peixe, Pequizeiro, Pindorama do Tocantins, Ponte Alta do Bom Jesus, Ponte Alta do Tocantins, Recursolândia, Riachinho, São Miguel do Tocantins, São Valério da Natividade, Silvanópolis, Taguatinga, e Tocantínia.

Segunda turma:

Alvorada, Araguacema, Arapoema, Arraias, Axixá do Tocantins, Barra do Ouro, Barrolândia, Campos Lindos, Carrasco Bonito, Colméia, Conceição do Tocantins, Goiatins, Itaguatins, Nazaré, Novo Acordo, Palmas, Pau D’Arco, Rio Sono, e Sampaio.

Programa Criança Feliz

O Programa tem como foco o desenvolvimento integral das crianças brasileiras, sendo seu principal objetivo assegurar as condições para que elas desenvolvam seu pleno potencial. Para isso, há uma estratégia de visitação domiciliar que visa atender famílias com crianças até três anos de idade. No caso de crianças em situação de extrema pobreza ou necessidades especiais, o apoio se estende até os seis anos de idade.

Local:

Sede dos Conselhos, na Quadra 103 Norte, próximo ao Hotel Castelo; das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Compartilhe esta notícia