A Setas

Perfil da Secretária

Patrícia Rodrigues do Amaral é  Coronel da Polícia Militar do Tocantins (PMTO). Além de oficial de polícia é bacharel em Direito, pós-graduada em Gestão de Segurança Pública pela Policia Militar de Santa Catarina e em Metodologia Didática do Ensino Superior, pela Universidade do Tocantins (Unitins).

A gestora da Setas é goianiense, e está no Tocantins desde sua criação, em 1989. A secretária Patrícia do Amaral já prestou importantes trabalhos para o Tocantins; em 1990, contribuiu para implantação do Programa Pioneiros Mirins, em 50 cidades; já em 1996, foi interventora (prefeita) na cidade de Lagoa da Confusão no período de um ano.

Na Polícia Militar do Tocantins, a tenente coronel exerceu as funções de chefe da PM-3 (Seção de Planejamento da Policia Militar), subdiretora de saúde, chefe da Assessoria de Tecnologia da Informação, chefe da Assessoria de Comunicação e instrutora nos cursos de formação de oficiais e praças. A Secretária foi também ajudante-de-ordem da então primeira-dama Dulce Miranda durante anos.

Frente à Setas, trabalha para recuperar a credibilidade da Pasta tornando-a apta a firmar parcerias e buscar recursos para combate a miséria e retomando programas sociais  de relevância que atendem às necessidades da população menos assistida do Estado. A principal missão é atender o propósito de garantir a assistência com dignidade às famílias tocantinenses, dando-lhes sempre oportunidades reais de trabalho e crescimento.

A Secretária Patrícia do Amaral é também presidente do Fórum Nacional de Secretários de Trabalho (FONSET), eleita por aclamação, em março de 2017.